sábado, setembro 02, 2006

PULSO FIRME PARTE II

PULSO NO CORPO

“Portanto, levantai as mãos cansadas, e os joelhos vacilantes,” Hb 12:12

A primeira parte do texto “Pulso Firme” foi algo que o Senhor ministrou sobre mim especificamente para o individual do homem. Somos um corpo sim no Senhor como igreja, mas também temos nossa intimidade individual com o Pai, afinal, a salvação é individual. Todo cristão precisa aprender a viver em paz consigo mesmo e Deus, para aí sim, começar a viver em paz com o Corpo de Cristo.

Esta segunda parte é algo voltado para o Corpo, você e eu no Corpo de Cristo. A Palavra nos ensina que somos o corpo e Cristo é a cabeça, a Ele foi dado o poder de pensar (uma vez que a mente está na cabeça) pelo Corpo, mas a nós foi dado o poder de trabalhar, pois todos os membros necessários ao trabalho estão conosco. Precisamos então nos posicionar como tal, nos levantarmos de nossas confortáveis poltronas na igreja e começar a trabalhar. Quando digo trabalhar não digo necessariamente dentro da igreja, existe tanto serviço no Reino de Deus, basta olharmos ao redor e vamos ver. Cada trabalho faz parte do corpo, porque serve para acrescentar a ele e o Senhor se agrada.

Mas e quando o pulso do Corpo se abre (sai fora do lugar)? Deus ministrou em meu coração num momento muito delicado, porque creio eu vivia esse momento em minha vida. Como corpo, eu estava com o pulso aberto, pois estava fragilizado dentro da Igreja, sem estrutura para fazer absolutamente nada e tudo (quando digo tudo, é tudo mesmo) que eu fazia para o reino era frustrante e desolador no meu ponto de vista. Aquilo me entristecia de tal forma que eu queria até sair da Igreja, deixar a comunhão com os meus irmãos. Eu estava com o pulso aberto.Comecei a perguntar ao Senhor o porque de ter ocorrido isso e novamente me ocorreu o momento em que tive meu pulso aberto (literalmente, no sentido físico da palavra mesmo), ele se abriu quando eu fiz muita esforço com um braço só e ele não resistiu, porque não tinha estrutura para aquilo. Rapidamente lembrei-me de minha vida cristã e entendi. Durante anos eu insistia em fazer algo que minha estrutura espiritual não permitia e aquilo foi me fragilizando, porque eu carregava um peso muito superior àquilo que meus braços espirituais poderiam suportar, o resultado foi catastrófico.

Isso pode estar acontecendo com você, estar sentindo-se cansado de trabalhar e trabalhar para o Reino de Deus e não ver nada frutificar, nada permanecer, apenas frustração, desânimo e cansaço. Saiba, você está fazendo uma força além de sua estrutura e não é isso que o Senhor quer de seus filhos. Cada um deve trabalhar de acordo com suas forças e sua estrutura.

Mas quando acontece do pulso espiritual do corpo estar aberto não existe outro meio para se curar senão imobiliza-lo. Eu tive que deixar meu pulso descansar por aproximadamente 36 horas até que ele tivesse alguma força novamente e eu conseguisse movimenta-lo normalmente. É isso que nós, como igreja, devemos fazer ao perceber que o “pulso” está aberto. Se algum irmão tem estes sintomas de fragilidade deve ser aconselhado a se imobilizar para que venha a cura.

Imobilizar não é e nunca será se afastar do Reino, mas parar de carregar o peso que vem carregando, caso contrário, chegará um momento em que não apenas os pulsos ficarão abertos, mas terá problemas de coluna e causará paralisia, algo muito pior. Deus não nos chamou para nos enfadarmos no Ministério, Ele nos quer alegres trabalhando para seu Reino, mas para isso precisamos estar fortes, carregando pesos que suportamos e podemos carregar.

Meu querido, aprenda uma coisa: você não é obrigado a ter a mesma estrutura de seu irmão! Não o inveje nunca. Sua estrutura não é maior ou menor que a dele, é apenas diferente. Cada um faça aquilo que o Senhor designou e assim o Corpo crescerá muito melhor e mais rápido. Não se frustre trabalhando um trabalho que não é seu. Nunca pense: “se eu não fizer, ninguém faz”. Deus levanta alguém para fazer, faça apenas aquilo que lhe é possível e o Senhor ordenar.

Que Deus o dirija nesses passos.
No amor do Pai, Daniel César

(CONTINUA)

3 Comments:

Anonymous Thiago Evangelista said...

ótEmo!!!!
sou teu fã mininu!
isso foi pra mim!
axo q nem tenhu mais pulso!
heuahuehauheu


DTA!!!!

setembro 02, 2006 1:05 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Victor said...

isso aeee, cristão tem q ter pulso firme, tem q ser macho memo, huhuuh

setembro 02, 2006 1:06 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous JoãoG said...

Boa a msg!
Parabénss tio!
Abraçaoo

setembro 02, 2006 6:48 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>

Postar um comentário

<< Home