sábado, outubro 07, 2006

O valor de si mesmo

“Eu sou o que sou e sei o que sou!” (Popeye, the Sailor Man – ‘o.0 – no desenho antigo do Fleischer Studios, primeira versão...)

Na minha opinião (e na do Dani também, heheh), tenho pegado pesado demais (não me culpem! Até eu estou meio tonto dos “tapinhas” que Deus me dá – como dizem, estou vendendo o peixe que comprei!)... mas logo após dos dois temas anteriores definidos, senti de trazer algo mais leve, pra alegria geral da nação (nhéééé)!

Muitas vezes confundido com o orgulho (porque caminha bem junto a este), saber valorizar a si mesmo é uma posição importante na vida do cristão. É uma posição mesmo, pois é você que decide ser o que quer. Jesus era uma pessoa muito decidida (não quis relacionar a denominação que faço parte gente, sério!). E sinceramente: Jesus é impressionante. Em todos os aspectos, todos! É sábio, sabe verdadeiramente o que é amar, faz refletir, é um revolucionário, de uma essência santa. Mas um fator determinante em Sua pessoa (ou O fator) são as suas pregações. Impressionante como elas alcançavam (e ainda hoje alcançam – Glória!) com impacto a vida das pessoas (mesmo elas aceitando ou não). Mas o maior detalhe, isso vejo em todos os Evangelhos, é este: ele sempre falou de si mesmo. Acredito que não somente por Ele ser a promessa Divina, mas existem partes na Bíblia que são puro confronto mesmo e exposição de si próprio.

Exemplos? Alguém dispor-se a ser a pessoa com o fardo leve (Mt 11:28-30), ser o bom pastor (Jo 10:11), ser a porta (Jo 10:7), se declarar o Filho de Deus (nem vou por citação aqui! heheh)... e tantos outros. Quantos “eu sou” ele usou?! Ele sempre puxou a responsabilidade pra si, e ninguém faz isso às cegas – só quando se tem certeza do que é capaz de ser e realizar. Bem, onde eu quero chegar com isso?! Heheheh... somos discípulos d’Ele. Não é uma utopia acreditar que fazer coisas maiores do que Ele seja possível, nem uma profanação se declarar ser aquilo que Deus quer que sejamos. Valorizar a si mesmo é reconhecer sua procedência, saber do que se é capaz... Mas acima de qualquer coisa: ser sincero e autêntico, humilde e lembrar sempre: sou filho de Deus (por adoção, mas sou!!! Amor fala mais alto!)

No final de uma pregação, hora dos apertos de mão e abraços (amo demais isso), um pastor (sim, o mesmo pastor que usei como referência no artigo “Deus te Abençoe” – se não leu, leia!) foi cumprimentado por um irmão (coitado! Hahahahah!!!) que disse: “- Pastor, que benção, que palavra abençoada... o senhor foi uma benção pra mim...” O pastor: “- Amém querido, eu sei!!!” O irmão olhou com uma cara do tipo “Meu, que arrogância...”, mas o pastor completou: “- Querido, eu não vim aqui pra não ser outra coisa a não ser uma benção mesmo (é o que Deus quer de mim)...” Meu, que visão! É o que temos que ser mesmo: autênticos. Se somos de Jesus, sejamos como Ele: reconhecendo que somos (e que estamos pra ser nessa terra) uma benção. E não só isso, mas luz, sal, evangelistas... o que na verdade somos.

Mas como frisei anteriormente, isso não é orgulho. E cada um de nós tem o discernimento no Espírito para nos confirmar quando é. Jesus mesmo se declarando e se expondo, não mostrou orgulho ou soberba, mas humildade e reconhecimento. E até quem estava na hora da crucificação reconheceu que ele era mesmo o Filho de Deus (Mt 27:54).

Brincadeiras a parte, eu e o Dani fazemos isso direto entre nós (e com quem conhecemos também, vocês sabem...), mas somos o que somos, lutando pra ser, dia após dia, de glória em glória, o que Deus quer que sejamos, mesmo que nossa natureza humana lute contra nós. Não entendo só pelo lado da “auto-estima”... é nosso estilo de vida.

Deus te abençoe, com bastante entendimento!

Jef! (querendo ver o que vocês falam de si próprios nos comments!!! ^^x )
E claro... agradecer de coração pela sua presença. Como é bom!!! Vocês são ‘specials’!

3 Comments:

Anonymous Scheila said...

cá estou eu denovo :D
agora entendo as atitudes do Dani..hauhau (brincadeira Dani)
mas D+ mesmo essa meditação... afinal somos príncipes (e princesas como é o meu caso-hahahaha) a prórpia Biblia nos fala isso qdo diz q somos co-herdeiros com Cristo, ou seja, somos parte integrante do principado de Jesus....

Deus é Bom, Deus é mto bom, Deus é bom D+

outubro 07, 2006 9:24 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Victor said...

é, essa é uma luta particular minha, valorizar a mim msm é difícil, mas como eu sempre digo q momentos dificeis tbm passam rapido confio no meu Deus.

outubro 07, 2006 10:21 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Mancallas said...

Uma palavra apenas... Fantastico!
Agora mais umas quantas nunca tinha pensado as coisas dessa forma!Muito bom mesmo espalha a uncao! Força ai!

outubro 09, 2006 9:33 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>

Postar um comentário

<< Home