sábado, outubro 14, 2006

Pedro, tu me amas?


"Depois de terem comido, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes? Respondeu-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Apascenta os meus cordeirinhos. Tornou a perguntar-lhe: Simão, filho de João, amas-me? Respondeu-lhe: Sim, Senhor; tu sabes que te amo. Disse-lhe: Pastoreia as minhas ovelhas. Perguntou-lhe terceira vez: Simão, filho de João, amas-me? Entristeceu-se Pedro por lhe ter perguntado pela terceira vez: Amas-me? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas; tu sabes que te amo. Disse-lhe Jesus: Apascenta as minhas ovelhas". João 21: 15 a 17

Em poucas vezes que vou fazer um devocional ocorre o que me ocorreu com este. Primeiro veio-me a idéia do devocional e, em seguida o texto bíblico, geralmente é o oposto, porém este texto encaixa-se perfeitamente àquilo que quero tratar hoje com vocês. Deus tem me levado a enxergar da forma mais dolorida possível (muito provavelmente porque não dei ouvido à outras formas, o importante é aprender sempre, não importa como) que Ele não quer nada menos do que nosso amor incondicional por Ele, qualquer coisa menos do que isso não basta! Não porque Ele seja egoísta, mas porque Ele sabe que se não dermos exatamente este amor, não conseguiremos estar Nele durante as dificuldades.

Pedro é um dos discípulos mais citados na Palavra, ele sempre esteve próximo ao nosso Senhor. Foi ele quem quis andar nas águas com o Mestre, foi ele quem não queria permitir que Jesus se entregasse à morte, foi ele quem cortou a orelha de Malco lutando pelo seu Senhor e foi ele que prometeu que se preciso fosse morreria junto com Jesus! Mas não fez, ao contrário, ele negou o Senhor por três vezes como ja sabemos. Mas eu sempre me perguntei porque Jesus perguntou a Pedro três vezes se ele o amava, será que Ele não acreditava em Pedro? A resposta me veio a bem pouco tempo, durante momentos difíceis da minha vida com Deus: Pedro amava sim a Cristo, mas não incondicionalmente, o amor dele pela vida era maior que o amor dele pelo Mestre, por isso ele não teve coragem de reconhecer que era seguidor de Jesus e o negou.

A insistência de Jesus em perguntar: "Pedro, tu me amas?" não era para envergonhar o apóstolo, mas era para que ele compreendesse que o amor que Cristo queria era outro, não um simples amor, mas o amor ágape, e Pedro compreendeu isso, porque vemos que sua última resposta mudou e ele entristeceu-se ao dizer: "Senhor tu sabes todas as coisas; tu sabes que eu te amo". Pedro demonstrou humildade suficiente para reconhecer que Jesus sabia de tudo, inclusive que Pedro o amava, mas não o suficiente, e foi essa humildade, essa resposta corajosa que fez com que o Senhor Jesus fizesse de Pedro tão grande dali em diante.

O mesmo ocorre conosco, somos cristãos, estamos na Igreja, trabalhamos para o Senhor e não nos cansamos de declarar aos quatro cantos que amamos a Deus. Adoramos cantar músicas e declarar palavras de amor (a moda é fazer declaração de amor ne?) para o Senhor, ficamos honrados por isso. Mas, até que ponto tudo isso é verdade? Não estou aqui querendo julgar seu coração e seu sentimento por Deus, muito ao contrário, quero apenas fazê-lo entender que Deus não quer uma parcela do nosso amor, Ele quer muito mais do que isso!

Estes dias estava eu assistindo uma série na TV, e um padre (personagem) disse algo que ministrou em meu coração, quando uma moça por quem o padre estava apaixonado perguntou: "Case-se comigo, você não me ama?" A resposta do padre foi certeira: "Amo, mas amo mais a Deus"! Perfeito! É justamente isso que Deus estava ministrando em meu coração e aquela série testificou de forma clara no meu espírito. Precisamos amar mais a Deus do que a qualquer coisa.

É duro ter que constatar um fato, mas quando nos prendemos a hábitos pecaminosos, o motivo é apenas um: amamos mais ao pecado do que ao Senhor e por isso não conseguimos abandoná-lo! E não apenas pecado, mas quantos de nós amamos mais nossa família, nossa posição, nossos trabalhos, nossa vida, do que amamos a Jesus. Estaríamos nós dispostos a perder ou ter uma mudança brusca em nossas vidas por amor a Deus? Qualquer amor menor que este, não serve!

Deus te ama querido e quer ser amado por você, mas se você não amá-lo com todo seu ser, o ÚNICO prejudicado será você mesmo, sem este amor nunca conseguiremos derrotar nossa própria carne, nossos desejos e nem mesmo o pecado. Porque é o amor incondicional pelo Senhor que faz com que enxerguemos o pecado exatamente como Deus o enxerga, como algo abominável e destruidor! Deus quer o seu amor incondicional, para isso é preciso renúncia, entrega, mas não estou falando de você ir se ajoelhar aos prantos entregando sua vida, cada área e ao se levantar continuar do mesmo jeito. Deus quer amor incondicional em suas atitudes, no nosso dia a dia. Qual seria nossa resposta se o Senhor nos dissesse: "Filho, tu me amas?"

No amor do Pai - Daniel César

9 Comments:

Blogger T. Evangelista said...

êêê lapada boua!!!!
sem palavras! é muito bom receber este amor incondicional, mas retribuí-lo... nossa!!!!

quero muito amá-lo mais e mais! gostaria q minha resposta fosse: sim senhor, te amo!

outubro 14, 2006 11:13 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Victor said...

Que esse amor incondicional esteja dentro de nós, como é difícil viver esse amor q está acima do amor à nossa vida né

outubro 15, 2006 12:19 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Mancallas said...

uau, de fazer pensar, muito inspiraçao ungido do senhor!

outubro 19, 2006 9:18 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Anônimo said...

Amigos, a base nao é esta de trocar familia, trabalho por amor de Cristo, mas viver o amor de Cristo, viver o que Cristo ensinou com a familia, com o trabalho e etc. Se eu ignorar a minha propria familia para seguir alguma religiao, como posso amar a Deus. Portanto eu amo o Senhor incondicionalmente que passo a praticar todas as suas virtudes possivels com a minha familia, no trabalho.

setembro 11, 2009 5:02 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Blogger carlos alberto said...

como é bom ler estas coisas.Eu sou um pastor,e vivo me perguntando. amo a Deus mais que todas as coisas?AMO A SUA PALAVRA A PONTO DE MORRER POR ELA?Ama as suas ovelhas a ponta de morrer por elas?.Hó Deus,me ajude a te amar de toda minha força e todo meu entendimento, para também naõ viver pregando que te amo, e te negar com minhas obras.pra meditação.Apoc 12:10,11
pastor:Carlos alberto lessa.

novembro 23, 2009 3:42 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Blogger carlos alberto said...

como é bom ler estas coisas.Eu sou um pastor,e vivo me perguntando. amo a Deus mais que todas as coisas?AMO A SUA PALAVRA A PONTO DE MORRER POR ELA?Ama as suas ovelhas a ponta de morrer por elas?.Hó Deus,me ajude a te amar de toda minha força e todo meu entendimento, para também naõ viver pregando que te amo, e te negar com minhas obras.pra meditação.Apoc 12:10,11
pastor:Carlos alberto lessa.

novembro 23, 2009 3:47 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Fábio Sousa said...

Eu tinha uma namorada, e sempre que conversávamos, eu fazia essas três perguntas pra ela, e falava pra ela, no dia em que você começar a tomar o lugar de Deus na minha vida, a gente termina, hoje fazem duas semanas que nós terminamos, em oração falei: Deus que seja feito a tua vontade!
Agora posso dizer: Eu o amo!

junho 19, 2011 10:34 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Anônimo said...

Gostei muito, fui muito ministrada através desta palavra. Deus é maravilhoso.

maio 22, 2012 10:59 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Anônimo said...

Com certeza você foi muito feliz em seu post. Creio que Deus realmente quer todo o nosso coração! Ele que que aprendamos a depender totalmente dele! Confiar toda nossa vida a ele! E não só algumas áreas. Quanto a analogia do personagem do filme, se o mesmo amasse realmente a Deus como deveria, iria casar e instituir uma família, pois família é um projeto de Deus para nossas vidas! Deus não fez o homem para viver sozinho! Senão não teria motivos de fazer a Eva! Bastaria o Adão e Deus e ponto final! "Marido, amai sua esposa como Cristo amou a igreja e entregou a sua vida por ela".

agosto 13, 2013 1:34 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>

Postar um comentário

<< Home