segunda-feira, outubro 16, 2006

Um bom monstro


“Sometimes I’m feel like a Jekill and Hide...” (Petra, Jekill and Hide)

Não sei quanto a vocês, mas eu já passei por vários daqueles momentos reflexivos de como estou, querendo entender porque algumas situações em minha vida não caminhavam pra frente, mas pra trás. Logo, situações de confronto são inevitáveis... Foi durante esse período em minha vida, em que eu me via confrontado por que acabei sendo ministrado por um cd dos meus amados Jars of Clay: “Good Monsters”, ou “bons monstros”... Só a frase já mexeu muito comigo!!! Mas a gente também pensa: “Tem como um monstro ser bom?!” Tem!!! E é aí que o “bicho” passa a rasteira! Pode até não aparentar, mas aí que o grande problema do crente se inicia...

Jesus, em Mt 23:27-28, apresentou: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade”. De uma certa forma, hoje, eu e você, somos os escribas e fariseus: conhecedores da Palavra, e praticantes daquilo que ela apresenta... mas quando isso acontece quando o coração não está engajado no processo (a prática é algo feito apenas por fazer)... o risco se torna enorme de eu ser um monstro. Porque monstro?! Simples: expomos muitas vezes que estamos ótimos! Que somos quase perfeitos, literalmente santos infalíveis. Os exemplos que todos devem seguir. A intenção pode ser a melhor possível, mas é um erro grandioso! Porque não é isso que Deus busca, até mesmo porque nem sempre somos tudo isso, mesmo quando queremos nos convencer disso...

Davi, o homem segundo o coração de Deus, foi um exemplo de bom monstro. Um líder grandioso, adorador, guerreiro... mas ainda assim alguém que reinava com poder mas não conseguiu segurar os problemas de seu lar. A exposição de um líder forte mas de um pai fraco. Um líder poderoso sim, mas que caiu em pecado, e até se confessar... Como?! Ou Paulo, quando diz o famoso “o que eu quero fazer, não faço, e o que eu faço não é o que eu quero fazer” (Rm 7:15)? E olha o grande homem de Deus que ele foi... mas também um “bom monstro”... Porque isso acontece?! Como revertemos isso?!

Por partes: acontece porque temos um negócio conhecido como orgulho. O meio do caminho entre o pecado e a queda, pois ele nos impede de termos o que Deus quer de nós: sinceridade (confissão de pecado) e coração aberto (deixar Deus agir). Disse algo do tipo uma vez aqui: Deus quer pessoas que não tenham medo de se expor, e que sejam sinceras. Pecamos, e muito! Mas enquanto confessamos e nos levantamos pra continuar, Deus trabalha no nosso coração. Faço parte de uma liderança de jovens, e hoje, como líder (mais do que quando eu era um membro), vejo isso em minha vida e procuro tratar rapidinho (tenho dois pastores fantásticos que se tratam e nos tratam em relação a isso). Pelo fato de eu ser um cristão, sou uma referência que o mundo tem procurado (Rm 8:29), e que meus discípulos e os membros de onde congrego me vêem (Fl 4:5), o que me leva a procurar não ser um fariseu no sentido que tão bem conhecemos. E como Paulo, de vez em quando faço coisas que não quero fazer. Mas a graça e a misericórdia são maiores que a queda, então posso continuar lutando. E ainda que haja a condenação por parte do mundo, melhor ser um crente pecador confesso do que ser um mentiroso com mania de poderoso, nariz erguido – um “bom monstro”. Era isso que Davi e Paulo entenderam: poderiam ser condenados por muitos a vida inteira, e até colhendo o fruto de seus pecados, mas diante de Deus, ficha limpa! E o mais importante, que entra dentro disso: reconhecer que precisamos de ajuda! Se fosse pra conseguir fazer tudo sozinho, Deus não teria dado uma Eva e filhos a Adão...

Não sou nem um pouco perfeito, mas procuro ser aperfeiçoado em Deus: quero que Ele se mova através de mim! Quero ser o canal que ele procura (assim como todos nós queremos ser). Não quero ser um bom monstro: cheio de ótimas ações ou intenções, mas por dentro podre e cheio de pecados ocultos. Levando pessoas em direção a Deus, quando nem mesmo eu estou caminhando nessa direção. Querendo apresentar o amor de Deus pela humanidade, quando eu não estou imerso nesse amor. Querendo liberar perdão, mas negando a redenção de Cristo querendo lutar com minhas próprias forças... E creio que você também não quer isso pra sua vida. Persevere em ser autêntico. Deus honrará essa atitude!

Jef! (Hehe... estou digitando isso aqui e me confessando a um irmão agora... vai entender! =D )
(*Ah sim.. Jekill and Hide é aquela história do “Doutor e o Monstro”, aonde um homem tem duas personalidades - a do bom Dr. Jekill e a do monstro assassino Hide – só pra esclarecer...)

6 Comments:

Anonymous Victor said...

maravilhoso o texto, pelo tema pensei q seria outra coisa.

outubro 16, 2006 10:36 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Blogger Efésios 2:22 said...

O que seria?! Agora eu é que fiquei curioso... õ.0

outubro 16, 2006 11:11 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Linda said...

Fico maravilha com o crescimento de vcs a cada dia...

Esse texto tá lindo e falou muito ao meu coração...

Deus abençoe a tdos

bjim!

outubro 16, 2006 1:28 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Scheila said...

como ñ poderia deixar de acontecer, cá estou eu para comentar :D

mto legal mesmo esse texto, q ñ sejamos como sepulcros caiados, cheios de pecados, mas q a cada dia confessemos a nossos líderes e a Deus (claro), para q haja crescimentos na igreja do Senhor Jesus ;)

outubro 16, 2006 5:33 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous thiago said...

acho q foi simplesmente oq eu precisava[e preciso] ouvir! do q adianta sorrir se por dentro estamos um caco!?

Deus abneçoe vcs!!!!

outubro 16, 2006 9:09 PM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>
Anonymous Mancallas said...

opah fui ministrado! Obg pela coragem de fazer e manter este blog! Ja o estou a espalhar ca por portugal

outubro 19, 2006 9:27 AM <$BlogCommentDelete?????????B?p??E?E????????????????????????????????????????†??????????????????????????????????†???????????????????????????????????????????????????????????????????4???????4?????????????????? ??????Icon$>

Postar um comentário

<< Home